No post de hoje, você confere algumas dicas de como proteger a pele durante os treinos e evitar queimaduras provocadas pelo calor.

Quem nunca saiu para dar aquela corridinha matinal ou jogar um vôlei na praia e voltou para casa todo queimado do sol, vermelho, como um camarão cozido ao bafo? Pois é, a gente sabe bem o prazer imenso que a prática de exercícios ao ar livre proporciona, porém, são necessários alguns cuidados para evitar que isso não se torne um desconforto e acabe prejudicando a saúde da sua pele.

E mesmo faltando menos de um mês para o término do verão, é sempre tempo de saber como proteger a pele do sol durante os treinos, não é mesmo? Até porque vivemos em um país tropical, com regiões em que é verão o ano todo. E, claro, mesmo durante o inverno é superimportante proteger a pele dos raios ultravioletas.

Mas, afinal, o que são raios ultravioletas?

Antes de saber como proteger a pele do sol, é importante saber o que provoca as queimaduras de pele e como isso ocorre. Pois bem, os raios ultravioletas – mais conhecidos como UV – são uma radiação que vêm do sol. Eles não seriam nocivos se não houvesse buracos na camada de ozônio – que é uma barreira natural para essa radiação, o que possibilitou uma exposição a esses raios, que podem causar desde queimaduras, até mesmo o câncer de pele. Os raios ultravioletas se subdividem em três: UVA e UVB, que atingem a atmosfera é são responsáveis por danos na nossa pele e o UVC, que é totalmente filtrado pela camada de ozônio.

proteger-a-pele-do-sol-protetor

5 dicas de como proteger a pele do sol durante o treino

Com certeza tem gente que vai falar: ‘ah, mas eu corro bem cedinho, quando ainda nem tem sol ou então à tardezinha, quando o sol nem queima mais’. Pois saiba que as queimaduras de pele não são provocadas apenas nos dias de sol, mas também quando os dias estão mais nublados. Por isso a importância de saber como proteger a pele durante os treinos, não importa o clima. Dá só uma olhada em algumas dicas bacanas que separamos para você!

1.Atenção ao horário

A gente sabe que a correria do dia a dia muitas vezes nos impossibilita de tirar um tempinho livre para praticar esportes em determinado horário do dia. Porém, é importante tentar evitar a prática de atividades físicas nos períodos de maior calor, como durante o horário de almoço, por exemplo. O correto é seguir o horário que qualquer dermatologista recomenda, até às 10h00 da manhã e após às 16h00. Mas, se não houver nenhuma possibilidade de praticar a sua atividade durante este período, o esquema é se proteger de todas as formas!

proteger-a-pele-do-sol-horario

2. O indispensável protetor solar

Sim, nós sabemos da importância em sempre usar o filtro solar, mas também o quanto é difícil escolher um protetor ou bloqueador solar. Isso devido a imensa variedade disponível nas prateleiras de mercados e farmácias, inclusive os específicos para a prática de esportes, que prometem uma maior absorção e resistência à água e suor por até 6 horas. Por isso, primeiramente é necessário entender a diferença entre ambos, já que o protetor dificulta a radiação UV, evitando assim que ela atinja e danifique a pele enquanto o bloqueador tem o efeito refletor da radiação UV, que inibe o bronzeado.
Confira abaixo a tabela indicativa de fatores de proteção recomendados de acordo com as características de cada pele:

proteger-a-pele-do-sol-tabela

E é sempre importante lembrar que o uso do filtro solar é indicado não apenas para os dias de sol, já que até mesmo nos dias nublados a radiação UV pode atravessar as nuvens. Além disso, é importante salientar que o produto deve ser aplicado em casa, antes de realizar as atividades físicas e deve ser reaplicado a cada duas horas, se houver muita transpiração ou exposição solar prolongada. E todo o cuidado na hora de espalhar o protetor, já que nenhuma área deve ficar desprotegida, até mesmo atrás do pescoço, nas orelhas e o pé.

3.Roupas especiais

Graças a tecnologia, hoje também é possível contar com a proteção solar proporcionada pelos tecidos. Na década de 90, pesquisadores australianos desenvolveram estudos que possibilitaram a criação do Fator de Proteção Ultravioleta (FPU), que indica numericamente o quanto o tecido é capaz de proteger a pele contra a ação dos raios UV. Com isso, é possível encontrar no mercado diversas marcas especializadas na fabricação de roupas e acessórios com proteção solar, sendo que alguns destes tecidos especiais têm fator de proteção ultravioleta (FPU) 50, que consegue filtrar até 98% da radiação. Por isso vale o investimento em uma camiseta de manga curta ou longa e até mesmo um shorts, além dos acessórios, é claro, tudo para garantir ainda mais a proteção da pele.

proteger-a-pele-do-sol-roupas

Leia também:

5 dicas para correr e praticar esportes nos dias de calor

4.Chapéus ou viseiras

O uso de chapéus ou viseiras possibilita proteger o rosto e até mesmo o pescoço da exposição ao sol e calor. A dica neste caso é optar por modelos com abas mais largas, para não deixar nenhuma parte do rosto exposta ao sol, além de tecidos mais leves e mesmo perfurados, para permitir a transpiração do couro cabeludo. Se a opção for por um boné ou viseira com FPU, melhor ainda. Modelos de bonés do estilo legionário, que possuem um tecido que protege atrás do pescoço garantem uma proteção redobrada. E quando a opção for pelas viseiras, é importante utilizar um protetor especial para o couro cabeludo, já que uma parte da cabeça fica sem nenhuma proteção e o risco de queimaduras aumenta.

proteger-a-pele-do-sol-viseira

5.Óculos de sol

Sim, os seus olhos também precisam de proteção contra o sol! Por isso a importância de quando for escolher um modelo de óculos de sol sempre se atentar quanto ao fator de proteção, já que o uso de óculos sem nenhuma proteção pode provocar diversas doenças, como cataratas e até mesmo alterações na retina. Isso porque ao usar os óculos de sol, é comum que a pupila se dilate devido à penumbra e é aí que os raios UV entram, alcançam o tecido da retina e podem causar danos celular cumulativo e irreversível. Quando os óculos possuem lentes que protegem os olhos dos raios UV, isso ajudam a reduzir a quantidade e intensidade de radiação que penetra nos tecidos oculares. Por isso a importância de não usar modelos falsificados, que não possuem nenhuma garantia de qualidade ao consumidor.

proteger-a-pele-do-sol-oculos

Viu só quantas dicas bacanas de como proteger a pele do sol durante os treinos? Agora não tem mais desculpa para continuar se descuidando. E se você tem mais alguma dica, compartilhe com a gente nos comentários!

Com imagens e informações: sbd.org.br; unimed.com.br; dermatologia.net; cbo.net.br

Deixe uma resposta