Será que tem idade para cruzar a linha de chegada e faturar uma medalha de ouro? Os atletas mais velhos do mundo em atividade provam que não. Veja lista!

A idade é um fator crucial no esporte e, como não poderia deixar de ser, é a principal causa de aposentadorias – que quando comparadas com outras profissões, podem ser consideradas bem precoces. Porém, ainda existem os atletas quarentões, cinquentões e até mesmo oitentões que se arriscam em não perder a fama e o seu lugarzinho nos pódios.

Então, neste post, a gente separou alguns atletas que são considerados os mais velhos do mundo que ainda estão em plena atividade e que querem retardar ao máximo a aposentadoria – seja ela das quadras, competições, piscinas, entre outros.

Os atletas mais velhos do mundo têm muito a ensinar

Atualmente vemos cada vez mais na mídia atletas jovens com muito talento e isso, consequentemente, acaba deixando de lado os atletas com mais idade e experiência, mas nem por isso eles são esquecidos. Entre as mais diversas modalidades, estes atletas mostram que idade não é nada, quando comparada com a dedicação, treinamento e preparo físico. Conheça alguns destes nomes de grande experiência e motivo de orgulho e exemplo para os novos atletas.

Mark Hunt, lutador, 42 anos

atletas-mais-velhos-do-mundo-mark-huntMark Hunt é atualmente o atleta mais velho a integrar o ranking do UFC. Considerado um dos vovôs do MMA, o neozelandês nem pensa em aposentadoria e sequer perdeu uma revanche em toda a sua carreira. No entanto, se é por causa da idade ou não, Hunt não está em uma das suas melhores fases: perdeu as suas duas últimas lutas e agora se prepara para entrar no octógono novamente no próximo dia 10 de junho, para enfrentar Derrick Lewis, no UFC Aukland. Vale lembrar que recentemente o peso pesado estampou os principais jornais ao afirmar que está processando o UFC pelos recentes casos de doping na competição.

Leia também:
[QUIZ] Qual é o melhor esporte pra você praticar?

Oksana Chusovitina, ginasta, 41 anos

atletas-mais-velhos-do-mundo-oksana-chusovitinaEla não se intimidou com os saltos da jovem ginasta americana Simone Biles e muito menos ficou receosa ao pensar que mais de 20 anos distanciam a agilidade da experiência. Com 41 anos, a uzbeque Oksana Chusovitina é vista pela imprensa como um ‘milagre da ginástica’, pois nesta idade, muitos atletas já deixaram de competir e já se aposentaram e ela praticamente contraria todas as expectativas. Oksana competiu pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992, e se manteve invicta em todas as seis Olimpíadas posteriores. Mais recentemente a atleta esteve no Rio 2016 e obteve a quinta colocação no salto feminino.

comprar-porta-medalhas

Julie Brougham, Amazona, 62 anos

atletas-mais-velhos-do-mundo-julie-brougham.
Julie Brougham é a prova de que nunca é tarde para realizar grandes feitos. Aos 62 anos, ela foi a atleta mais velha dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e foi a primeira vez que ela participou de uma competição de alto nível. Na competição, ela obteve a 44ª colocação – um resultado muito satisfatório para quem estava realizando um sonho. Quem sabe, na próxima olimpíada, a atleta neozelandesa consegue conquistar melhores posições.

.



Atletas mais velhos do mundo na história

atletas-mais-velhos-do-mundo

Aqui nesta lista a gente vai destacar atletas que ainda estão na ativa e que participaram de competições recentes. Mas vale lembrar, por curiosidade, dos atletas mais velhos do mundo que disputaram uma olimpíada. Na foto, temos o sueco Oscar Swahnm ouro no Tiro Duplo ao Veado (1920), na época com 72 anos. E ao lado Hiroshi Hoketsu, ouro no adestramento (2012), com 71 anos.



Claude Leornardi, maratonista, 80 anos

atletas-mais-velhos-do-mundo-claude-leonardiA Marathon de Sables é uma competição tradicional que coloca diversos atletas no limite. Todos precisam provar que são autossuficientes e que conseguem cumprir todo o trajeto árido do deserto gerenciando a própria, comida e água. Na última prova se reuniram atletas de 52 nacionalidades e entre eles estava o francês Claude Leonardi, que com 80 anos completou a sua quinta participação na maratona de 250 km. (inclusive, seu neto de 25 anos completou o percurso junto com ele). O vídeo abaixo mostra um pouco o desempenho de Claude na última maratona realizada mês passado:


VOCÊ SABIA? O futebol é a única modalidade olímpica com limitação de idade. Os jogadores devem ter menos de 23 anos e cada delegação deve ter apenas três jogadores acima desta idade.

Lesley Thompson-Willie, timoneira, 56 anos

atletas-mais-velhos-do-mundo-lesley-thompson.

Lesley Thompsonpassou dos 50 anos e só tem motivos para se orgulhar. A atleta canadense, ao participar dos jogos Rio 2016 foi a mulher que mais participou de olimpíadas: oito no total.  Ela faz parte da equipe de remo do Canadá e Lesley, apesar da idade, precisa ter muita força para controlar e manter o equilibro dentro da água, além de impulsionar e lançar estratégias para o bom andamento da equipe durante as competições.
.

E aí, o que achou da nossa lista dos atletas mais velhos do mundo em atividade? Se você é um amante do esporte sabe que o que importa mesmo não é a idade contada ano a ano, e sim, a idade mental e seu bem-estar. Agora se você conhece algum atleta que tem essas características e merece estar na nossa lista, não deixe de nos contar nos comentários!

Com informações de SuperLotas, BBC, El Pais, AG Fight, Olimpíadas Uol. Imagens: News AU, Good Is, NZ Horse e Pony, Rowing Canada, Instagram Search Engine, Alchetron.

Deixe uma resposta