Engana-se quem pensa que só a hidroginástica, pilates e exercícios de baixo impacto podem ser praticados pela melhor idade. Claro que eles podem e devem fazer parte da rotina de pessoas com mais de 50 anos, mas não precisam ser os únicos exercícios praticados por essa população. Hoje vamos conhecer algumas opções de atividades físicas para beneficiar e fortalecer a sua saúde depois dos 50.

Caminhadas, hidroginástica ou exercícios de alongamento podem fazer parte da rotina para aliviar as dores e evitar o aparecimento de lesões e outras doenças crônicas. No entanto, a musculação depois dos 50 anos é muito importante para fortalecer os músculos e combater a perda de massa muscular, que acaba ocorrendo naturalmente após os 40 anos.

A musculação, além de promover o aumento da força, favorece o ganho de massa muscular e aumenta a capacidade de queima de gordura, sendo ótimo para quem está precisando manter um peso mais saudável.

Por isso, no post de hoje vamos dar dicas de alguns exercícios recomendados para pessoas com mais de 50 anos. Essas atividades são fáceis, fortalecem áreas super importantes e não exigem o uso de aparelhos ou pesos de academia, sendo ideais para serem praticados na pandemia, por exemplo. 

Exercícios físicos para quem tem mais de 50 anos

Prancha abdominal

Para este exercício, o ideal é ter um colchonete ou tapete de yoga para não machucar os braços. Em cima do colchonete, posicione os antebraços junto ao chão, alinhados com os ombros, e mantenha as mãos fechadas.

Com o apoio dos braços e das pontas dos pés, levante o quadril e o abdômen, formando uma ponte. A forma correta de fazer a prancha abdominal é formar essa ponte de forma que as costas, o quadril e o abdômen fiquem retos.

Tome muito cuidado para não sobrecarregar os joelhos, mas sim utilizar a força dos braços e, principalmente, do abdômen. Comece com pouco tempo fazendo a prancha e, à medida que for se habituando ao exercício, aumente.

Flexão no banco

Fique de costas para um banco e abaixe-se apoiando as mãos na parte do assento. Estique levemente suas pernas de forma que elas fiquem alinhadas com a altura do assento. Flexione os cotovelos para trás e aproxime os glúteos ao chão, retornando à linha do assento.

Cachorro olhando para baixo (yoga)

Comece apoiando as mãos e os joelhos no chão, alinhados aos ombros e a cintura, respectivamente. É importante distribuir o seu peso entre as duas bases para não sobrecarregar nenhuma parte.

Com as pontas dos pés firmes no chão, estique as pernas e suba os glúteos para cima. O seu corpo deve ficar na posição de um “V” ao contrário.

Agachamento

Deep squat. Side view of young beautiful woman in sportswear and piercing doing squat while standing on the sport ground in the park.

Posicione-se com as pernas afastadas de acordo com a largura do seu quadril. Mantenha a postura firme, com o tronco ereto.

Flexione os joelhos e leve o quadril para trás, como se fosse se sentar. Mantenha os joelhos alinhados em direção as pontas dos pés. Em seguida, retorne à posição inicial. Repita o movimento 15 vezes e faça um intervalo de 40 segundos. Faça três séries de 15, respeitando sempre o seu limite.

Leave a Reply