O isolamento é uma medida preventiva para achatar a curva de contágio do coronavírus. Dependendo da sua cidade, essa ação pode ser voluntária ou até mesmo decretada por órgãos públicos. Independentemente, de qual seja a sua situação, é muito importante manter-se saudável durante a quarentena e zelar pelo seu bem-estar, ainda mais quando suas atividades físicas podem ter sido cortadas abruptamente.

Estabeleça uma rotina

Durante o isolamento e incertezas, o nível de estresse e ansiedade podem subir. Para combater esses inimigos, manter-se dentro de uma rotina familiar, pode auxiliar na manutenção do bem-estar.

Há diversos pontos onde a rotina pode ser mantida, como por exemplo:

  • Horário das refeições
  • Horário do sono
  • Horário de despertar
  • Tempo para exercícios em casa
  • Regrar o uso de entretenimentos, como celular, tv, seriados e computador
  • Dedicar uma parte do seu tempo para limpeza da casa
  • Manter rotinas de higiene
  • Dedicar tempo para hobbies
  • Dedicar tempo para estudos

Mantenha uma dieta saudável e balanceada

Antes de mais nada, vale ressaltar que não existe nenhuma alimentação que seja capaz de te imunizar contra o COVID-19. No entanto, segundo a OMS, manter uma alimentação rica em nutrientes e balanceada é uma forma de manter-se saudável, também de manter-se fora de doenças e condições que te colocariam em um grupo de risco. Bem como, uma alimentação saudável é uma das chaves para manter o bem-estar e a saúde mental em dia.

Além do mais, se você pode precisar de toda sua saúde para combater um vírus, por que não mantê-lo o mais abastecido o possível?  Para isso, a melhor forma de manter sua dieta rica em nutrientes é incluir uma variedade de frutas, vegetais, grãos, proteínas, fibras e gorduras saudáveis.

Bem como, é sempre importante considerar, que em isolamento, tendemos a nos exercitar menos. Leve isso em conta na hora de formular sua dieta, mantendo-a de acordo com suas necessidades.

No entanto, também sabemos que o isolamento também restringe, de certa forma, nossas idas ao mercado. Então, tenha sempre em mente que uma suplementação pode dar um auxílio à suas necessidades diárias temporariamente.

Fique de olho durante o isolamento:

  • Consumo de álcool
  • Alimentos ricos em: gordura, açúcar e/ou sal
  • Gorduras saturadas
  • Quantidade de comidas processadas

Também não esqueça de se manter hidratado!

Mantenha-se ativo

Exercícios possuem um papel vital na saúde física e mental. Bem como a sua falta podem ter consequências para a saúde, bem-estar, qualidade de vida e níveis de estresse e ansiedade.

Segundo a OMS, de 75 minutos de exercícios intensos à 150 minutos de exercícios moderados podem te manter longe de um condicionamento sedentário. Ainda segundo a OMS, para se manter ativo, você pode:

  • Tirar intervalos para se exercitar ao longo do dia
  • Fazer exercícios com o auxílio de aulas virtuais
  • Andar, mesmo que em espaços pequenos ou com práticas de distanciamento social na rua.
  • Manter-se por determinada quantidade de tempo de pé
  • Dedicar uma parte do seu tempo para exercícios de relaxamento

Além destes itens, você ainda pode conferir estes 9 exercícios para praticar em casa, ou então estes 6 app para fazer exercícios em casa. Empurre os móveis e abra espaço, porque você pode se exercitar em casa!

Cuide da qualidade do seu sono

Talvez uma das primeiras coisas que sofram um impacto durante o isolamento, seja a qualidade do seu sono. Afinal, se você não manter uma rotina, ele pode se desregular por conta das maratonas de séries, de jogos online ou até mesmo por conta dos cochilos durante o dia.

Mas é muito importante ressaltar que o sono é uma das peças chaves para a manutenção de uma rotina saudável. Isso porque, se você começar a dormir muito tarde, você pode começar a acordar depois do almoço, o que pode afetar o horário das suas refeições. Ou até mesmo, no pior dos casos, inverter a sua rotina de sono. Dormir com o raiar do sol e acordar com o pôr do sol, pode ser extremamente prejudicial tanto biologicamente com a diminuição da exposição solar, que mesmo através das janelas contribui para a absorção da vitamina D, quanto socialmente, visto que as interações sociais, mesmo que virtuais, se restringem à quem também está acordado.

O ideal, para o sono, é ter ao menos 7 horas bem dormidas por noite, para isso vale, além de estabelecer um horário para acordar e dormir:

  • Evitar o excesso de cafeína, principalmente no horário próximo ao de dormir
  • Exercitar-se
  • Limitar o consumo de álcool e de cigarros
  • Manter o quarto apropriadamente confortável
  • Tentar exercícios de meditação
  • Desligar ou colocar em modo silencioso eletrônicos, como celulares

Mantenha contato social a distância

Não é porque você está em isolamento que você necessariamente precisa estar só. Dedique um tempo na sua rotina manter contato social, mesmo que à distância. Valem videochamadas, chats, interações em mídias sociais, ligações de telefone e até mesmo salas de bate-papo.

Se seus contatos estiverem indisponíveis na sua nova rotina, você ainda pode procurar causas sociais onde você possa colaborar, de formas seguras, com outras pessoas para ajudar a sociedade neste momento difícil.

Além de todas estas dicas para melhorar seu bem-estar nesse momento difícil, é importante ressaltar que mesmo com essas boas práticas é normal se sentir sozinho, ansioso ou até mesmo depressivo. Não tenha medo ou vergonha de buscar ajuda se for este o caso. Ainda, durante esse período, conte com iniciativas de consultas virtuais gratuitas.

Fiquem em casa, mas se cuidem!

Leia também:

6 APPS PARA FAZER EXERCÍCIOS EM CASA

9 EXERCÍCIOS PRÁTICOS PARA VOCÊ FAZER EM CASA

5 BENEFÍCIOS DE UMA DIETA RICA EM FIBRAS

Com imagens de: Envato

Leave a Reply